Caminhada pro vida na Universidade de Negros Occidental nas Filipinas

No dia 10 de março, a Universidade de Negros Occidental (Filipinas) celebrou seu 10º Dia de Solidariedade sob o lema “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles obterão misericórdia”. O dia começou com uma Caminhada pró-vida que defendeu o direito à vida desde a concepção até a morte. Fr. Ronel Gealon, promotor da Caminhada, insistiu em mensagens contra a pena de morte, aborto, suicídio, uso de drogas ou assassinato. Ele também enfatizou a necessidade de “se opor às leis anti-vida, não só em nosso país, mas em todo o mundo”.

A Caminhada partiu da Universidade de Negros Occidental até a zona Libertad, retornando, novamente, ao campus universitário.

Após a Caminhada, o horário do dia continuou no pavilhão da universidade com uma exposição do Santíssimo Sacramento e uma oração compartilhada que revelou o caráter contemplativo da espiritualidade recoleta augustina. Em seguida, os participantes se reuniram por grupos de reflexão até o meio-dia, com a oração do Ângelus, mostrando a dimensão comunitária do carisma recordatório augustino.

Mais tarde, à tarde, foi realizada outra palestra sobre o amor e a celebração eucarística, presidida pelo Pe. Rocelo Villarosa, acompanhado pelo Ir. William Villaflor, Br. Eduardo Celiz, Br. Perzius Decena e Br. Ronel Galeon.

O dia terminou com um símbolo feito com velas que mostrou a necessidade de espalhar a luz de Jesus Cristo para o mundo, mostrando a dimensão apostólica do carisma agostiniano recoleto.

This post is also available in/Este conteúdo está disponível em Português: Español English

Suscríbete a nuestra

Newsletter