A província de San Ezequiel Moreno inicia seu 7º capítulo provincial em Cebu

27 Agostinianos Recoletos, incluindo o Prior Geral, decidirão durante as próximas semanas o futuro da Ordem dos Agostinianos Recoletos na Ásia. “Nós enfrentamos o desafio de expandir nossa missão em outras partes da Ásia”, diz o provincial anterior

A província de San Ezequiel Moreno, presente nas Filipinas, Taiwan e Serra Leoa, começou seu 7º Capítulo Provincial na segunda-feira na casa de oração de Talavera em Cebu. Reunirá nas próximas semanas 27 agostinianos recoletos que decidirão o futuro da Ordem dos Agostinianos Recoletos na Ásia para os próximos três anos. O Prior Geral, Miguel Miró, está presente no primeiro dos quatro capítulos que se realizarão em 2018.

A revitalização da Ordem e seus membros serão a linha principal a seguir pelos capitulares. Embora a província de San Ezequiel Moreno não esteja envolvida no processo de reestruturação, o capítulo geral do ano passado solicitou à província que expandisse seu trabalho para outros países asiáticos. Isto foi afirmado pelo atual provincial anterior, Dionisio Selma, em uma mensagem anterior: “Nós enfrentamos o desafio de expandir nossa missão em outras partes da Ásia”.

Dentro deste processo de revitalização, o provincial de San Ezequiel Moreno também ressalta como um desafio para este capítulo “reexaminar nosso carisma para que possamos ser significativos”. Dionisio Selma pede aos fiéis que incluam os frutos e as decisões deste capítulo provincial nas suas orações.

O capítulo provincial de San Ezequiel Moreno terá seu próprio logotipo. Representa o coração e os elementos agostinianos próprios do livro – a cruz e o número sete, já que este capítulo é o sétimo que celebra a província. Além disso, também foi feita uma música oficial que tem pelo nome “Sharing our vision” (“Compartilhando nossa visão”). As letras falam da missão pastoral da província como criadores de comunhão.

Início da reflexão

O primeiro dia do capítulo dedicou-se a reflexão e oração com o objetivo de alcançar um capítulo frutífero. O arcebispo de Lingayen-Dagupan, Sócrates Villegas, foi encarregado de presidir a eucaristia de abertura do capítulo provincial e os exercícios espirituais que marcaram o primeiro dia.

Monseñor Villegas concentrou seu reflexo em três palavras: encontro, acompanhamento e discernimento. Ele pediu “ser com o último, aquele que está sozinho na sociedade, aqueles que experimentam tratamento desumano de seus amados seres humanos e aqueles que são abandonados”.

O arcebispo de Lingayen-Dagupan enviou três perguntas para os capitulares para refletir no dia anterior ao início do capítulo: Onde está seu coração? O que é que o faz feliz? Onde você está realmente?

Após o primeiro dia de reflexão e oração, o capítulo provincial iniciou sessões de trabalho, que deverão ser prorrogadas até 25 de fevereiro. A análise da província começou, o que foi feito nos últimos três anos e quais os desafios futuros.

Três anos de horizonte

Os capitulares definirão durante estas semanas as ações que devem ser realizadas nos próximos três anos, seguindo a chamada do capítulo, gera a revitalização. Para este fim, os 27 agostinianos recoletos serão reunidos amanhã e tarde na casa de oração de Talavera em Cebu. O Ordo Capituli (Ordem do Capítulo) marca as fases que serão seguidas durante estes dias: fase informativa, fase deliberativa, fase de comissão e fase eleitoral.

Neste último, será quando o provincial anterior for escolhido, que irá orientar a província durante os próximos três anos. Ele poderia continuar como o provincial anterior Dionisio Selma, que ainda poderia ser reeleito. Do mesmo modo, os capitulares analisarão o estado da província e decidirão as ações que devem ser realizadas.

A equipe de comunicação dos agostinianos recoletos nas Filipinas criou uma página da web a partir da qual todas as informações do capítulo provincial de St. Ezekiel Moreno podem ser seguidas.

This post is also available in/Este conteúdo está disponível em Português: Español English

Suscríbete a nuestra

Newsletter